Início » IPRF: os efeitos na pele do procedimento estético
Geral Saúde & Bem Estar

IPRF: os efeitos na pele do procedimento estético

Com o passar dos anos, passamos por modificações na pele causadas pelo processo do envelhecimento.
Foto: Canva

Com o passar dos anos, passamos por modificações na pele causadas pelo processo do envelhecimento. O maior órgão do corpo humano, com o tempo, diminui gradativamente a produção de colágeno, o que causa flacidez, ressecamento e enrugamento da pele. E os maus hábitos de vida, ainda aceleram este processo. A ingestão de pouca água, o consumo de bebidas alcoólicas, de açúcares, o estresse diário, a poluição, a carência de vitaminas e minerais, além da higienização e hidratação incorreta são fatores que aceleram o envelhecimento.

O método de IPRF (Plasma Rico em plaquetas Injetável) é o procedimento do momento no mundo da medicina do rejuvenescimento e é indicado para rejuvenescer e regenerar a pele.

O tratamento consiste na coleta de uma amostra de sangue do próprio paciente. Este sangue passa pelo processo de centrifugação, onde o plasma sanguíneo é separado das hemácias. Este plasma é então injetado na face por meio de cânulas. Esse líquido ajuda a combater o envelhecimento porque é um concentrado de células que são responsáveis pela formação do colágeno e de novos vasos sanguíneos na região, que vão regenerar e reparar os tecidos. É por isso que quem faz o tratamento, tem um aspecto mais revigorado, hidratado e atraente.

A coleta de sangue do paciente é feita no próprio consultório, da mesma forma como se faz a coleta para um exame de sangue. Os tubos com as amostras, após um processo específico de centrifugação, resulta em um soro de fibrina, rico em leucócitos e fatores de crescimento. Três a quatro tubos de sangue, de 9ml cada, é suficiente.

A aplicação do iPRF na face não dói, pois é feita sob anestesia local da face. Os principais locais de aplicação são: bigode chinês, rugas de marionete, têmporas, fossa canina e região das bochechas e lateral da face. O resultado é maravilhoso! O cliente rejuvenesce em sua aparência, e sem dúvidas, eleva a sua autoestima, o que só colabora para sentir-se bem, confiante e feliz consigo mesmo e o mais importante é que não tem contraindicações. O tratamento não oferece nenhum tipo de riscos de rejeição, obstrução vascular ou necrose. É super tranquilo! A pele fica linda, hidratada e jovem. É inacreditável a comparação da pele antes e depois do tratamento com o iPRF!” explica a Dra. Keity Tabosa Zaidan, sócia-proprietária da Beauty Face Odontologia e Harmonização Facial.

Intervalo de tempo: “a pessoa pode realizar o tratamento de 1 vez por mês durante 3 a 6 meses (dependendo do estado inicial da pele, defino o protocolo da paciente)”.

“Estimula o colágeno, favorece a produção natural de elastina e de ácido hialurônico, combate a flacidez, ajuda também a recuperar a firmeza. Confesso que este é o meu procedimento favorito. Gosto tanto que realizo 1 vez ao mês, sempre. Não deve ser à toa que, tenho 41 anos, mas as pessoas sempre falam que eu eu pareço ter 32 ou 33 anos. E eu sei que o tratamento é um dos grandes responsáveis por isso.” finaliza a cirurgiã-dentista.

Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Informe se quer enviar pautas.